Arquivo da tag: poesia

Perdas e danos

~me disseram que você estava chorando~ claro que estava feliz olhos brilhantes quase ~vi~ mas ~me disseram~ e por isso eu chorei e morri mais uma vez no processo de destruir o meu ideal de nós dois perdi o seu ideal … Continue lendo

Publicado em Diário | Com a tag , , | Deixe um comentário

O começo de todo o sempre

Eu tinha tanto medo Andava tão cansada de brincar por aqui e ali Minhas razões nunca foram claras, para mim. Resolvi arriscar. Decidi me sentir desacorrentada de tudo das razões, das ações, dos julgamentos Precisava de uma consideração sua… Precisava … Continue lendo

Publicado em Diário | Com a tag , | Deixe um comentário

Off

Tem vez que tudo fica tosco, fosco E a vontade que era pra ser alavanca é só inércia Até vai, mas só se alguém chamar, Até fica, mas só se alguém pilhar E iniciativa é só vocabulário digno de cargos … Continue lendo

Publicado em Febeapa | Com a tag , | Deixe um comentário

Estrela Dalva

Dalva Maria Simas do Couto 08/06/1943 – 27/11/2011 Saudades A doçura que se expandia de seus lábios a fez estimada  por todos aqueles que a cercavam. Deus é testemunha da estima e do afeto que devotava  aos seus e aos … Continue lendo

Publicado em Diário, Família | Com a tag , | 1 Comentário

Me mudei. De novo. Ou Cortinas de Lumiére.

E ainda não tenho cortinas. Janelas grandes, e a iluminação exterior que enche de amarelo o quarto recém habitado. Soubesse eu fazer poesia, faria. Não sabendo, pedi. E A.B. atendeu. Compreendendo, como sempre, mais do que eu mesma. Cortinas de … Continue lendo

Publicado em Diário | Com a tag , , | Deixe um comentário

Poesia Miojo II

Pede um afago como quem pede desculpasmeio de lado, como menina travessaquando o mundo sufoca. Menina, coração como o teunão pede, reina absolutoneste imenso desertodo eu – eu – eu E tal qual como paradigmasofre de solidão imensapor procurar o … Continue lendo

Publicado em Diário | Com a tag , | Deixe um comentário

Poema em Linha Reta – Fernando Pessoa

via @revistabula

Publicado em Livros | Com a tag , | 1 Comentário

Poesia Miojo

Poderia falar de caminhosPerdidos ou achadosPassarinhos que deixam o galhoPoderia escrever em veludoA suavidade dos mesesque emprestam brilhoA esses olhos sonhadoresMas prefiro, amiga minhabrincar com palavrase semear sorrisos na bocaque não deveriamJamais ter deixado.Ganhei do A.B.Obrigada, querido!

Publicado em Diário | Com a tag , | 1 Comentário

Obrigada

Ser amigo é saber extrapolar Romper alguns limites Querer o bem da forma mais pura que se conhece Amar sem o peso da paixão A melhor amiga vira até irmã de sangue E os privilegiados têm irmãos de sangue que … Continue lendo

Publicado em Diário | Com a tag , , | 5 Comentários

19 anos

Queria agora saber escreverTer o dom da prosa, da poesia, da crônica, da palavra em qualquer essênciaDa rima ou da métrica ou da melodiaEstar à altura de todo sentimento que me assolaQueria conseguir escrever tudo o que sintoColocar nesta folha … Continue lendo

Publicado em Diário | Com a tag , , | 3 Comentários