O que leio

Leio o que ele escreve com fome de criança na hora da sobremesa. Tão intensa e rapidamente que mal se percebe o gosto. Infeliz é a criança, coitada, que não tem como reviver a experiência além da lembrança. Eu redevoro cada palavra uma segunda vez. Re-sinto cheiros, ressaboreio os gostos. Busco as entrelinhas e me atenho a cada sílaba, cada letra, cada vírgula, cada espaço. Cada novo sentido que descubro mexe com meus sentidos. Às vezes acho que tem um tanto de mim ali emaranhado. Uma pretensão inocente autopermitida pelo encantamento. Revisito cenários e reconheço olhares e repercebo aquela respiração que, descompassada no meu pescoço, me tira o fôlego mais uma vez. A aventura pseudogastronômica me inebria e sou obrigada a reler. Assim, e só assim, com os sentidos confusos e a mente entregue, é que o que leio ganha a profundidade e a leveza certamente pretendidas lá no início, quando a despretensiosa ideia se fez mensagem. Intenso. Sempre intenso.

Sobre Cacau

Carioca. 38 anos. Analista de Relações Internacionais. Flamenguista (herança do S.Beleza). Manqueirense (sambista sempre). Taurina. Soprano. Ruiva (quase sempre, por insistência). Chorona. Apaixonada pela sua família. DVDmaníaca. Fã de MPB, Rock, BRock, Samba e 70's songs. Viúva do Vinícius. Órfã da Maldita. Cantora sem talento. Lamenta não ser contemporânea do Elvis ou Elis. Quer aprender Tango. Viciada em Big Mac e Pinball no PC. Adora futebol E football. Troca facilmente um longo telefonema pela mesa do bar mais próximo. Vive bancando a ostra. Está sempre atrasada. Karateca cuja promissora carreira foi interrompida por uma fratura na mão direita. Lê mais que a média e menos do que deveria (ou gostaria) assim como viaja menos do que merece. É um fracasso em finanças pessoais. Quer ganhar qualquer grana na raspadinha, mas nunca as compra. Curte noitadas de Quizz e Karaokes. Tem insônia semanalmente. Adora dar presentes. Odeia sentir-se impotente. Devotada aos amigos e aos amores.
Esta entrada foi publicada em Diário e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta