Bibliotecando

Biblioteca Popular Municipal Alvaro Moreira, no bairro da Penha (subúrbio da Leopoldina no Rio) passa a disponibilizar internet gratuita e digitação de textos para jovens e adultos por seis horas em dias de semana e 3 horas aos sábados. 

Ainda sobre livros, as duas bibliotecas do Metrô Rio (Central e Copacabana-S.Campos) ultrapassaram o patamar de 6.000 sócios que foram responsáveis por mais de 48.000 empréstimos desde 2006. No total, são 9 bibliotecas do metrô espalhadas pelo Brasil totalizando mais de 43.000 sócios.
Procurando bem a gente também acha notícias interessantes nas páginas dos jornais. Para os partidários e defensores da inclusão digital e da educação que adoram alardear um discurso pseudossocial sem sair do ar-condicionado do seu quarto equipado com o melhor PC e banda larga disponíveis, esses são casos reais que espero ver divulgados e difundidos Brasil afora.

Sobre Cacau

Carioca. 38 anos. Analista de Relações Internacionais. Flamenguista (herança do S.Beleza). Manqueirense (sambista sempre). Taurina. Soprano. Ruiva (quase sempre, por insistência). Chorona. Apaixonada pela sua família. DVDmaníaca. Fã de MPB, Rock, BRock, Samba e 70's songs. Viúva do Vinícius. Órfã da Maldita. Cantora sem talento. Lamenta não ser contemporânea do Elvis ou Elis. Quer aprender Tango. Viciada em Big Mac e Pinball no PC. Adora futebol E football. Troca facilmente um longo telefonema pela mesa do bar mais próximo. Vive bancando a ostra. Está sempre atrasada. Karateca cuja promissora carreira foi interrompida por uma fratura na mão direita. Lê mais que a média e menos do que deveria (ou gostaria) assim como viaja menos do que merece. É um fracasso em finanças pessoais. Quer ganhar qualquer grana na raspadinha, mas nunca as compra. Curte noitadas de Quizz e Karaokes. Tem insônia semanalmente. Adora dar presentes. Odeia sentir-se impotente. Devotada aos amigos e aos amores.
Esta entrada foi publicada em Livros, Sociedade. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta