Category Archives: Diário

Na madrugada

Algum lugar sobre a Bahia ou sobre as Minas Gerais. Relaxada, como mandou o moço e escutando suas escolhas. Decolei ouvindo que o céu era de uma só cor e pareceu conveniente. No corredor, já chegava o cheiro do café forte típico de companhias aéreas. Apenas viajo, física e musicalmente, sem notícias recentes das madrugadas

Read More

Das Partidas

Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver. (Amyr Klink) Tem um ano que partiSem

Read More

A Gata Comeu

Muitos de vocês ainda não tinham nascido, mas 1985 foi um ano bem joia. O Brasil fervilhava com as eleições indiretas (Tancredo derrotou Maluf) e a campanha das Diretas Já ao som de “Pro Dia Nascer Feliz“; Ayrton Senna vencia seu 1o. GP; nasciam Lewis Hamilton e Cristiano Ronaldo; no Cinema assistimos Os Goonies, De Volta

Read More

Gente que Importa

No princípio era o “e se”. E se fosse no Rio? Onde seria, como seria, quem viria? Sim, eu me fazia essas perguntas a cada edição dos Jogos Olímpicos que começava imponente na TV. Por mais que eu tivesse vários eventos prontos na cabeça para responder essas perguntas, se alguém dissesse à Cláudia de 8

Read More

#Aos40

Quarenta. Pesado. A força de um número que assusta, afugenta, pira. Tanto que tá aí, atraso de um ano para escrever sobre o assunto. O título, meus caros, mais justo e mais honesto, deveria ser #Aos41. Porque agora passou o susto. Agora sai. Agora, oras, é tudo muito mais simples. Mentira! Um pouquinho só mais

Read More

Cartinha

Bom dia, Minha Querida! Nem preciso dizer o quanto sinto de saudade, né? Sei que você acompanha tudo por aí. Sei que você zela por todos nós de alguma forma. E por isso sei que você sabe que minha vida se ajeitou, pois no fim tudo se ajeita e os giros do mundo não me enjoam mais.

Read More

Perdas e danos

~me disseram que você estava chorando~ claro que estava feliz olhos brilhantes quase ~vi~ mas ~me disseram~ e por isso eu chorei e morri mais uma vez no processo de destruir o meu ideal de nós dois perdi o seu ideal de nós dois perdi